Com mais de 300 anos de tradição no Japão.
A marca líder mundial na produção de molho shoyu está no Brasil.

A nossa história

Sabor que o mundo reconhece

A Kikkoman é uma das mais tradicionais empresas alimentícias do Japão. Líder mundial em produção de shoyu, conta com o mesmo processo de fabricação com fermentação 100% natural desde o início da Era Edo, há mais de 300 anos.

Atualmente, são três bases de produção no Japão e sete no exterior, avançando com a alta qualidade na produção de todos os molhos pelo mundo.

Foi pensando no exigente paladar brasileiro que, em 2018, apresentou uma nova linha de molhos, com o lançamento dos Molhos de Soja para Pratos Quentes e Molho Tarê. Em 2019, o Molho de Wasabi, Molho de Soja com Limão, Molho de Soja para Sushi e Sashimi e o Molho Inglês. Em 2020, outras três novidades: Molho de Laranja, Molho de Pimenta e o Molho de Ostra. Já em 2021, integraram a linha o Molho sabor Ostra vegetariano e o Molho de Gergelim.

Para reforçar sua presença no Brasil, a empresa adquiriu a Azuma Kirin Company, detentora das marcas Azuma, Azuma Kirin e Mirokumai.

O processo de
fabricação

O produção do shoyu Kikkoman é única e com a mesma excelência no mundo todo há mais de 300 anos.

1. Processamento de matérias-primas

O processo tradicional de produção de shoyu começa com a torra e quebra do trigo adicionado aos grãos de soja cozidos. Estes ingredientes são processados para facilitar a ação dos micro-organismos (leveduras, koji e bactérias lácticas).

2. Produção de koji

Adicionamos a levedura koji à mistura de soja e trigo para fermentar com umidade e temperatura controladas.

3. Preparação do moromi

Nesta etapa, a salmoura é adicionada ao shoyu koji para formar o moromi, que é fermentado e maturado. Ele passa por um envelhecimento durante longos meses, cercado de cuidados constantes como fornecimento de oxigênio e controle de temperatura para formar um ambiente ideal para a ação dos micro-organismos.

4. Compressão

O moromi fermentado e envelhecido é envolto em tecido para ser filtrado. Para se obter um shoyu límpido, ele é comprimido lentamente.

5. Aquecimento

O shoyu é aquecido para eliminar os micro-organismos e parar o processo de fermentação.

6. Envasamento

Em uma sala limpa o shoyu é envasado em garrafas de vidro, pet, etc. e está pronto para ser despachado após passar pelo controle de qualidade e garantia de segurança.

Cor, sabor e aroma

Equilíbrio e harmonia para todos os fins culinários

A cor original do shoyu Kikkoman assemelha-se a de um rubi translúcido. Esta cor nos aquece e abre o apetite, realçando a aparência dos alimentos.

Seu sabor é composto pelos cinco elementos do sabor: doce, azedo, amargo, salgado e umami. A doçura confere suavidade ao prato. A acidez confere um leve frescor, suavizando o salgado. O amargo, ao se misturar com o salgado e a acidez, tem a função de dar harmonia ao sabor do shoyu. O salgado acentua o sabor do tempero, mantendo o seu equilíbrio e sendo o principal sabor sentido pelo paladar. Já o umami, que é o nome do quinto sabor, cujo o significado é delicioso, acrescenta profundidade ao gosto do shoyu e desempenha um papel importante ao tornar a comida mais saborosa.

Também chamado de “tempero dos aromas”, nele estão contidos mais de 300 tipos de notas aromáticas como flores, uísque, café, etc. Cada um destes aromas se misturam harmonicamente para formar o aroma do shoyu. Esta é uma característica única do shoyu Kikkoman.

Últimos
lançamentos

Fale Conosco

Preencha o formulário ou entre em contato pelo tel: (11) 3284-1301

contato.kic@kikkoman.com.br

Endereço Av. Paulista, 1274 – 7º andar
Bela Vista, São Paulo - SP
CEP 01310-925